Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

12.06.15

Goodreads e metas.


a dona do chá

O Goodreads é a rede social que eu mais gosto. Lá tenho amigos, conteúdos sobre livros|autores e o mais importante é totalmente desprovido de estridência. É isso. No meu feed do Goodreads há um leve murmúrio. Visualizamos apenas o que os nossos amigos andam a ler e, eventualmente, uma questão a outra. De resto, parece aquele leve farfalhar da brisa entre as folhas das árvores. Valorizo esse sossego.

--

A minha auto-proposta para este ano é a de ler 60 livros. Está lá registado no Goodreads. Mas é apenas uma meta e algo que me permite ter uma noção do que vou lendo. Nunca fui muito organizada e disciplinada no sentido de ir anotando o que vou lendo e quando. Não acho sequer que consiga ler metade, mas é construtivo ter esse registo. O importante é ler, sem muito stress quanto a números e objectivos. Para isso, já basta o trabalho nosso de cada dia.

21.11.12

(sensacionalismo)


a dona do chá

Eu não percebo muito bem o que a publicação de imagens sensacionalistas de crianças brutalizadas, doenças raras e abortos no facebook tem por finalidade.

Mostrar-nos piedosos? Sensíveis? Sensibilizar? Alertar? Denunciar? 

Não percebo muito bem.

Acaso não sabemos que o mundo é este lugar estranho em que amor e ódio, beleza e violência, convivem bem perto?

Acaso não sabemos?

Acaso não sabemos que a violência persiste tantas vezes por detrás de um sorriso?

Sei que quem publica tais fotos talvez tenha a intenção de demonstrar a sua revolta mas, confesso, desgosto de tal prática.  Pressinto um toque de prazer mórbido.