Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

Sessão do clube de leitura

24.06.15, a dona do chá
"— Dê o tiro — disse, com a mão no peito. — Não há maior glória do que morrer por amor" Estou a fazer a uma releitura de "O Amor nos Tempos do Cólera" do Gabriel García Márquez para o clube de leitura. É uma alegria fazer isto. A escrita de Gabo é realmente especial. Há tanta poesia nas suas frases e, ao mesmo tempo, tanta objectividade. Escrever assim não é para qualquer pessoa. Não sei se as minhas amigas irão gostar do livro, mas, pessoalmente, é um dos (...)

(O uso da palavra)

15.09.14, a dona do chá
Leitura actual no Clube de Leitura: "Não respondera porque não havia o que dizer. Mas se ninguém falasse senão quando tivesse algo a dizer, refletia Kitty com um sorriso, a raça humana em pouco tempo perderia o uso da palavra." W. Somerset Maugham, O Véu Pintado

( aromas e paris )

12.09.11, a dona do chá
Ontem, no encontro virtual do Clube de Leitura Jane Austen, as opiniões estiverem ao rubro. O livro discutido foi "O Perfume" de Patrick Süskind.  Eu particularmente fiquei decepcionada. Todas as pessoas que eu conheço que leram o livro, adoraram. Fiquei absolutamente desconsolada. As minhas expectativas estavam elevadas. Diante dos meus olhos, surgiram as primeiras páginas e parecia-me que a história seria realmente (...)