Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

(red wing)

12.12.12, a dona do chá
Acabei de me apaixonar... "(...)we are tiny, we are trembling, scared of everything but the heart is still a red wing" Red Wing, Hem

(not over you)

23.11.12, a dona do chá
"If you asked me how I'm doing I would say I'm doing just fine I would lie and say that you're not on my mind But I'll go out and I'll sit down At a table set for two And finally I'm forced to face the truth No matter what I say I'm not over you (...)" Gavin Degraw

(ouço, incessantemente)

21.11.12, a dona do chá
"(...) And it's dark in a cold December, but I've got ya to keep me warm and if you're broke I'll mend ya and keep you sheltered from the storm that's raging on (...)" "(...)I'm out of sight, I'm out of mind I'll do it all for you in time And of all these things I've done I think I love you better now" Lego House | Ed Sheeran   

( covers e a originalidade 2 )

12.11.12, a dona do chá
Walk off the Earth, outro grupo que eu descobri de covers quando andava a ver versões de "Somebody that i used to know" do Gotye. Este grupo impressionou-me ao máximo. Versões divertidas e originais. E, simplesmente adoro a forma como desconstroem e reinterpretam as músicas.   Neste caso, tenho versões predilectas:   Little Boxes   Payphone: The Edge of Glory:

( covers e a originalidade )

12.11.12, a dona do chá
Tenho desenvolvido quase que uma paixão por procurar versões covers de músicas que eu gosto. Este exercício tem sido muito bom porque tenho encontrado projectos e bandas muito interessantes. Uma das coisas que mais me fascina na música, para além da poesia de letra, é a forma como um músico reinventa a sonoridade e interpretação de uma canção conhecida. Convenhamos, se tivermos uma boa voz não será difícil cantar uma música conhecida. Mas reinventá-la e colocar o seu cunho (...)

(os benefícios do acaso)

27.10.12, a dona do chá
"Drink a toast to the sun / To the things that never go" Agnes Obel - Just So Esta fase musical está longe de terminar... Encontrei Agnes Obel na minhas incursões ao acaso pelo youtube. É uma música tão bela e delicada que quase que me faz de que hoje é sábado, o dia mais difícil da minha semana.