Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

06.04.05

( ESPELHO, ESPELHO MEU )


a dona do chá

Tenho que justificar o que escrevo no meu próprio weblog?
Tenho que estar a dizer claramente que nem tudo o que escrevo é autobiográfico ou reflexo dos meus sentimentos?

É verdade que quem tem um weblog se sujeita a todo o tipo de julgamento e interpretação daquilo que é dito.
É verdade que quem tem uma caixa de comentários exposta, sujeita-se a ler de tudo: participações e opiniões interessantes e construtivas, o diálogo entre blogs; mas também absurdos e conclusões precipitadas.

Paternalismos bolorentos e moralismos de meia pataca., inclusive. E, dentro desta última categoria, tenho recebido recentemente comentários desta natureza. Como se me conhecessem muito bem. Se calhar até conhecem. E, nesse caso, espanta-me a cobardia de não dizer os absurdos frontalmente. Cara a cara. Sem mandar recados.

Se eu tenho que justificar o que escrevo no meu weblog?

Talvez, se me apetecer.

5 comentários

Comentar post