Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

( aromas e paris )

12.09.11, a dona do chá

Ontem, no encontro virtual do Clube de Leitura Jane Austen, as opiniões estiverem ao rubro. O livro discutido foi "O Perfume" de Patrick Süskind. 

Eu particularmente fiquei decepcionada. Todas as pessoas que eu conheço que leram o livro, adoraram. Fiquei absolutamente desconsolada. As minhas expectativas estavam elevadas. Diante dos meus olhos, surgiram as primeiras páginas e parecia-me que a história seria realmente interessante. Mas depois, nada. Adormeci várias vezes ao ler o livro. Achei-o enfadonho. A escrita não me traduzia as sensações dos aromas. A questão do aroma ficou um pouco secundária, sobressaltando a questão da obsessão pelo aroma perfeito. A própria intenção do protagonista pareceu-me confusa. Nunca soube ao certo o que o escritor pretendia. Houve momentos - poucos - fantásticos que me fizeram pensar "ainda há esperança". No fim, pensei: "como assim???". 

No geral, achei que o tempo que investi nesta leitura foi um desperdício. Fiquei totalmente surpreendida por esta obra ser considerada um "livro a ser lido". A sério, há clássicos e outras obras contemporâneas bem melhores.

 

O bom disto tudo é que, mesmo que o livro se venha a revelar péssimo, os encontros do Clube de Leitura Jane Austen são sempre excelentes e divertidos. São pessoas extraordinárias que têm, cada vez mais, lugar cativo no meu coração.

 

Viva a literatura! Viva a amizade!

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.