Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

(alimento)

05.08.11, a dona do chá

não sei se posso chamar a isto fase. nem tenho por hábito escrever de uma forma confessional mas chega uma altura em que tenho de escrever. tenho de tirar isto de dentro de mim. se é que posso chamar a isto "tirar". tenho andado a lidar com tantas coisas, com tantas desilusões que não sei bem se vou conseguir passar por isto ilesa. há desilusões que são passageiras, que doem na hora mas passam. contudo, há desilusões que nos trespassam, que mexem com o que temos de mais precioso. o mais curioso, é que tem sido tudo ao mesmo tempo. por vezes, sinto-me uma bomba relógio que vai explodir a qualquer momento. noutras vezes, parece-me que vou ficar inanimada, sem reacção.

 

tenho a sensação de que mesmo para as pessoas amigas que me dizem que me amam, este amor só é lembrado se eu estou presente. na listagem dos afectos eu acabo por não figurar. não deixa de ser um amargo de boca. não deixa de ser complicado para mim entender que ao se dar o que temos de mais precioso, é-se esquecido. não se trata de uma necessidade de reconhecimento mas porque não dizer que quando dedicamos amor e amizade desejamos também receber amor e amizade. os afectos precisam de ser alimentados. e sou tão humana quanto todas as outras pessoas.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.