Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

(sabor azedo)

25.01.11, a dona do chá

o dia atravessado na garganta. incômodo como uma farpa de madeira entranhada na pele. constante e dormente. desde o início até o fim, prevê. há dias assim, longos. indistintos. não se sabe bem porque é assim. o porquê disto acontecer. o porquê é a resposta e não a pergunta. a questão não é importante. a interrogação é normal mas não fundamental. a resposta é o que lateja. veja bem, há dias assim em que tudo parece um banho de jactos de água fria. entenda, a certeza de que tudo isto passa e passará está presente na consciência mas não diminui esta sensação de farpa de madeira entranhada na pele. este frio na nuca. este prolongado sabor azedo.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.