Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

(aprender a voar)

30.12.10, a dona do chá

regresso com braços largos. regresso depois da partida. depois de ter entrelaçado nos dedos este céu de pó e de riscos. depois de atirado para fora os desperdícios do pensamento. regresso mas não sei se cheguei. não sei sequer se parti. acumulo as horas e os dias de sentimentos apartados. não os encontro. alguma vez os tive? terá sido uma ilusão ou um desfoque cardíaco? o coração bateu mas não bombeou sangue suficiente? faltou algo? falta algo? falta tudo? regresso com braços cheios de interrogações. com os olhos desnudados de sentido. com as mãos desconcertadas de desencontros. o peito a bater distorcido de sequência. dói como uma pisadura. dói de forma ininterrupta, certeira e metódica. desconheço-lhes os rostos. quem são eles? desconheço-lhes os nomes. de onde são? não compreendo o que dizem. será que falam outra língua?

 

não sei se regresso, se parti, se estou e se sou alguém. ando surda de tanto ouvir o meu peito a bater. ando cansada de sentir. queria abrir a janela e aprender a voar. ir bem longe. e saber que parti.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.