Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

(Sem Reservas - filme - 2)

15.05.10, a dona do chá

 

Há dias assisti a este filme e gostei bastante. Nunca tinha ouvido falar dele, descobri meio por acaso. Como aprecio filmes com temática de culinária e/ou doçaria, parei um pouco para vê-lo. Confesso que não sou grande fã de Catherine Zeta-Jones, não sei bem explicar o porquê. Mas identifiquei-me bastante com a personagem que ela interpreta. Talvez porque ela trabalha numa cozinha - como eu - e, por outro lado, porque é alguém com alguns defeitos nos quais eu me reconheço.

Não sei se eu enquadraria este filme numa comédia romântica. Acho que não. Até é um filme um tanto ao quanto triste. Mas fiquei com uma sensação agradável no fim do filme. Eu tenho destas coisas, no fim de um filme de ter ou não um sensação agradável. Neste caso, não sendo um filme que pudéssemos categorizar de profundo, fez-me pensar em várias coisas durante vários dias. É de destacar a interpretação da menina Abigail Breslin, esta sim, excelente.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.