Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

Construir no infinito.

18.08.03, a dona do chá

Ele disse a ela:"Por amar-te, respeito a pessoa que tu és, apesar das divergências."

Uma pessoa expressa a outra pessoa, através desta frase, a afirmação da entrega dos seus sentimentos.
Num relacionamento aprende-se a conhecer as qualidades e os defeitos, os pequenos detalhes de carácter, a forma de estar na vida e as diferenças de opinião.
E apesar de tudo isto, gostamos desta pessoa. É o mesmo que dizer "Sem ti não estou completa".
Amar é um grande desafio.
Reconstruímo-nos a nós mesmos enquanto indivíduos, e construímos algo de especial conjuntamente com a pessoa amada.
Amar é uma construção no infinito.

Ela respondeu-lhe com um sorriso tímido: "Eu também te amo"