Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

Estilhaços.

22.08.03, a dona do chá

A mágoa recalcada pode minar um coração, transformando-o em massa fervilhante, pronta para entrar em ebulição.
O que é mais forte, a mágoa ou a amargura? Ou será que a primeira é causadora da segunda? O que fazemos para minar a mágoa, e dar o passo adiante? São tantas as interrogações que trespassam...
Certo é que a mágoa e a amargura são geradoras de momentos de auto-tirania e de tirania em relação à alguém. Tiraniza-se o coração e a alma em prol de um sentimento corrosivo, que não se consegue combater e que se auto-alimenta. E, desta forma, acaba-se por tiranizar alguém, porque a mágoa e a amargura, à semelhança da violência, gera mais mágoa e amargura. Um ciclo vicioso.
Por vezes deixam-se fluir palavras que nunca deviam ser ditas. Palavras que transmitem sentimentos que não são sentidos realmente. Mas a mágoa impulsiona um instinto para o mal, mesmo que fugaz. Diz na Bíblia que "do que há em abundância no coração, disso fala a boca" (lucas 6:45). Constato que é verdade.
Como se luta contra isso? Como se ajuda alguém a combater isso? Se eu recolher os estilhaços que caem à minha volta e colá-los, será possível voltar a ter o ténue vidro em algo perfeito, como se nunca tivesse sido quebrado?
"Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem" (Romanos 12:21). A única munição para "combater" um coração magoado é o amor. Por que o amor é o único sentimento capaz de quebrar um coração endurecido pela amargura.
Obviamente muitos são os cépticos. Mas sabem de uma coisa? Eu creio. O amor é o que temos de mais divino em nós. Todos os bons sentimentos e acções derivam desse sentimento primordial. Sei também que não é o caminho mais fácil. Quantas vezes um gesto de ternura é vítima de zombaria, de exposição ao ridículo, de indiferença, de desprezo.
Não importa. Não importa mesmo.
Praticar o bem também exige uma grande dose de fé e de paciência.