Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

(...)

06.12.11, a dona do chá

[ eu gostaria muito de ser mais positiva a escrever. com muitos corações a voar e pássaros a cantar. com um trio de cordas no fundo a tocar. que cada palavra soasse como uma bela melodia. sinto muito, a vida não é assim.  a vida não é só isto, mas também é. quando as coisas positivas, belas e agradáveis acontecerem; procurarei falar sobre elas. para já, imaginem este parágrafo sendo escrito com som de trovões ao fundo. é o mais suave que eu consigo me posicionar neste momento. ]

(...)

06.12.11, a dona do chá

batimentos.

esta pressão. esta pressão. esta pressão.

nada é suficiente. nada agrada. nada é bastante.

um rato no laboratório, preso numa gaiola, tem mais liberdade.

esta pressão, este condicionar do peito, o coração em chamas e uma vontade de vomitar.

Pág. 2/2