Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

Filme na tv.

27.09.03, a dona do chá

Estive a ver Tempo de Matar (A Time to Kill), um filme baseado numa obra de John Grisham. Ainda não tinha visto o filme, apesar de ser um filme de 1996, o que significa que eu tive uma grande margem de tempo para poder solucionar esta falha.
Hoje tentei ir em busca do tempo perdido. Passou na televisão num horário tardio, mas valeu a pena esperar e ver.
Apesar do ar de bom rapaz do Matthew McConaughey - e é sempre agradável ver alguém que lembre o Paul Newman... - foram outros dois senhores que despertaram a minha atenção: Samuel L. Jackson e Kevin Spacey. Aprecio profundamente as actuações destes dois senhores - mesmo quando não são tão boas assim. E gostei do filme.
É verdade que o filme segue aquela típica fórmula americana: o bons vencem os maus, mesmo quando os bons fazem coisas típicas dos maus, o que deveria torná-los maus, mas até os tornam ainda melhores pessoas, já que fizeram tudo em nome da manutenção do bem... e os maus? continuam maus e pagam por isso. Uma gradual deturpação da dualidade "bem e mal". Mas isso é outra história... Voltemos ao filme em causa. É bem verdade que não é propriamente um filme intelectualmente desafiante, que não levará ninguém às profundezas da reflexão, mas foi um bom entretenimento. 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.