Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

Entre nós, um oceano. (2)

03.12.03, a dona do chá


Não medimos a duração dos nossos passos. Tentamos compôr o desenrolar do quotidiano: muda-se o que pode ser alterado, conforma-se com o que é inevitável. A dada altura, a interrogação flutua. Primeiro, discreta e inofensiva. A seguir, angustiante e insistente. O que nos faz seguir determinado rumo? A ânsia de entendimento embriaga-se com o tormento do vivido.

Quatro pólos de contenda interior:
- o vivido
- o não vivido
- o que poderia ter sido vivido
- o que não se pode viver

A descoberta de uma maneira razoável de conviver com estas quatro forças permitirão o alcance de uma certa paz.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.