Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

Entre nós, um oceano. (4)

12.12.03, a dona do chá
Nos filmes (que a televisão exibia) e nas histórias (que os livros contavam), figurava o Natal inscrito na neve e no frio, realidade abstrata aos meus olhos. Desde que tudo mudou e que conheci o frio no (e do) Natal, esta data perdeu um pouco do seu encanto. Os preparativos, as músicas e os enfeites são aprazíveis, mas quando chega o dia 25 eu só consigo ansiar pelo seu fim.

Faz-me falta ver o sol em chamas às 7 da manhã.
Faz-me falta o límpido do céu, enorme tecto azul...
Faz-me falta o cheiro quente do fim de tarde.
Faz-me falta ouvir o som intenso das cigarras.

Não posso mais sentir o calor em (e de) Dezembro.
Não posso mais.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.