Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

Descansa.

29.01.04, a dona do chá

Seguras o teu rosto com uma das tuas mãos. Indefeso. Pareces quase uma criança. A confusão do mundo confere cansaço aos teus passos. Dor. Insustentável dor. Afasta-a dos teus sonhos.
És sereno como o amanhecer e constante como a sucessão dos dias e das noites. Mas tens os teus limites.
Então dorme, sei que os obstáculos não desaparecem. Mas eles que esperem. Deixa que o sono te envolva na aura do esquecimento dos problemas.
Descansa. Eu vigiarei o teu sono. Por hoje. Para sempre.