Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Chá de Menta

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

Chego aos 40.

Posso dizer que começo a sentir a passagem do tempo. Sim, é verdade, chego aos 40 anos. Apenas 40. Já quatro décadas ficaram para trás e com elas alguma história de vida. Apenas 40... Porque será que sinto ter alcançado um patamar diferente? O que muda realmente a partir de agora? Ocorrerá uma misteriosa e insondável aceleração do tempo? Uma amiga querida hoje me disse algo simples e fantástico: "você chegou àquele momento da vida em que já tem um passado mas ainda tem um futuro pela frente". E isto tocou-me profundamente porque nesta caminhada vivemos uma história com várias histórias dentro - páginas e páginas e páginas e páginas. E nunca se sabe muito bem onde vamos parar e o que vai acontecer a seguir. Mas algo já está escrito, algo meu. A estrada está diante dos olhos, os pés em posição de caminhar e o coração a queimar de vida. Ainda há muito a viver e ver.

Chego aos 40 com algumas perdas, ausências mas também com a vida bem mais completa, plena e verdadeira. Sou completamente grata por tudo que Deus tem concedido, pelos meus amores Gualter e Hugo, pelos meus pais, família e amigos.

Chego aos 40 com vontade de festejar e celebrar a vida! Sobretudo não perder tempo com o que não vale a pena. E, como outra amiga querida disse, gritar bem alto "uhu!!!!!!".