Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Chá de Menta

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

(terapêutico)

A felicidade que pode surgir quando lançamos um segundo olhar sobre algo é essencial para a concepção terapêutica de Proust, pois revela até que ponto nossa insatisfação pode derivar da nossa incapacidade de olhar apropriadamente para nossa própria vida, e não de uma deficiência inerente ao nosso cotidiano. 

Alain de Botton, Como Proust Pode Mudar Sua Vida.

(a sabedoria das ideias)

Uma boa maneira para avaliar a sabedoria das ideias de uma pessoa talvez seja realizar um exame cuidadoso de sua mente e de sua saúde. Afinal de contas, se seus pronunciamentos realmente fossem dignos da nossa atenção, seria de se esperar que a primeira pessoa a colher os benefícios fosse seu próprio criador. Isso poderia justificar o interesse não apenas pela obra de um escritor, mas também por sua vida?

Alain de Botton, Como Proust pode mudar sua vida.

(concorrência)

Eu, que nada entendia de bebés e de crianças, vejo-me de repente submersa neste mundo cheio de cor e estrelinhas... A verdade, é que o meu baby desenvolveu uma recente paixão pela Xana Toc Toc e, devo dizer, é uma concorrente desleal: canta bem e é bonita. Ele sorri, ele suspira, ele faz olhinhos, ele manda beijinhos... Não sei se vou suportar...

 

(breves)

Este está a ser um inverno rigoroso para o baby H. e, por consequência, também para mim. Volta e meia, lá ficamos doentes. Estação que desgosto, o Inverno é cada vez mais um tempo que anseio que passe depressa. Está quase...  

--

Preciso ler e escrever mais... Sinto que estou a desaprender. Preciso comprar uma boa gramática e praticar. 

--

Quando vejo as magnólias, nasce em mim uma enorme alegria. As cores suaves, o perfume pelo ar, os dias maiores e ensolarados - uma quase Primavera.

--

O tempo desaparece. Perco a noção dos dias e das horas. Trabalho e casa, casa e trabalho. Sinto a distância entre o que gostaria fazer dos dias e a realidade. Nunca resgatamos o tempo que perdemos.