Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Chá de Menta

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

("Eles somos nós")

‎"Repito para mim próprio: estamos tão perto uns dos outros. Não há nenhum motivo para acreditarmos que ganhamos se os outros perderem. Os outros não são outros porque levam muito daquilo que nos pertence e que só pode existir sendo levado por eles. Eles definem-nos tanto quanto nós os definimos a eles. Eles são nós. Eles somos nós."


Somos a Primeira Pessoa do Plural, José Luís Peixoto



(os benefícios do acaso)




"Drink a toast to the sun / To the things that never go"

Agnes Obel - Just So



Esta fase musical está longe de terminar... Encontrei Agnes Obel na minhas incursões ao acaso pelo youtube. É uma música tão bela e delicada que quase que me faz de que hoje é sábado, o dia mais difícil da minha semana.

( escolher o que se ouve )

A minha companhia desta semana tem sido a música. Ando completamente apaixonada pelo novo álbum dos The Script. Eles tem músicas muito emblemáticas dos álbuns anteriores (e que eu amo) mas este álbum tem qualquer coisa... 

 

Six degrees of separation | The Script - quem nunca passou por isso?
"First, you think the worst is the broken heart"

(egoísmo inocente)

Uma das melhores sensações do mundo é ouvir música de headphones. É como se aprisionássemos a música dentro da nossa própria mente. É um momento de exercício de egoísmo inocente: olhamos para as pessoas ao redor sabendo-as desconhecedoras do segredo de todas coisas. O mundo das sonoridades transporta-nos e, por momentos, somente por momentos, a realidade é esquecida.

(acasos felizes)

Há algum tempo descobri, por mero acaso, a música de Dia Frampton no youtube e me apaixonei de imediato. Fiquei absolutamente rendida. 

Para minha surpresa, no fim de semana passado assisti ao programa The Voice - que está a ser transmitido pela FoxLife - e lá surgiu a Dia. Não fazia a menor ideia que ela tinha sido concorrente e foi realmente uma agradável supresa. 

Aliás, adorei o conceito do programa: o facto do concorrente ser escolhido de acordo com a voz e a interpretação. E foi, de facto, bonita a forma como ela foi escolhida por Blake Shelton. Ela começou a cantar e ele sorriu de imediato como se reconhecesse algo de especial na voz dela. 

Deixo aqui esta belíssima música de Dia:

(outra lição)

Outra lição existencial é constatar que por muito que faças, por muito que honres, por muito que abdiques; isto não é meio caminho andado para a tranquilidade. Nada está assegurado.

É facto de que esta é uma verdade óbvia e, negá-la, uma ingenuidade desprevenida; contudo, quando a conscientização desta verdade entranha-se, abala com muitos pilares solidificados. 

Pág. 1/2