Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Chá de Menta

Chá de Menta

I am half agony, half hope | Jane Austen

(possível programa 2)

Ontem, fomos dar uma vista de olhos na Feira do Livro de Braga. Por um lado, fiquei um pouco decepcionada. Já não ia lá há alguns anos e tinha a memória de haver mais "stands" de livros. Principalmente de alfarrabistas/sebos. Mas só havia um e com pouca coisa interessante. Mesmo assim, encontramos dois livros, um deles a 1 euro (o que me deixa feliz da vida....) O "stand" da Bertrand tinha boas promoções e também compramos lá dois livros, embora tenha ficado com vários debaixo de olho.

Foram umas horas de pausa na vida complicada, na companhia da pessoa que mais me preenche. Uma boa tarde, sem dúvida.

(lista de espera)

Existem alguns filmes em lista de espera. Aliás, uma longa lista. Outra coisa, uma das pequenas coisas, que me dão prazer. Uma coisa tão simples como ver um filme. Aos poucos, tenho retomado também esta actividade. Outro dia, estava a ler o blogue da Cássia e ela falava em dois filmes que há muito tempo eu queria ver: "Clube de Leitura Jane Austen" e "Julie & Julia". Espero ver estes dois filmes nos próximos dias. A propósito deste primeiro, fez-me relembrar uma vontade antiga que eu tenho de criar um clube de leitura. Uma coisa informal entre amigas. Tenho uma grande amiga que me falava outro dia que participava de um e que estava a ser uma experiência enriquecedora. Não somente pela leitura, mas sobretudo pela partilha de diferentes pontos de vista. Tenho falado com algumas amigas sobre isso e acho que, desta vez, o nosso pequeno projecto vai se concretizar.

 

 

Mas, como disse, a lista dos filmes em atraso é longa.

Outros dois que eu também quero ver é: "Paris, eu te amo" e "Nova Iorque, eu te amo". Dizem que ambos são muito bons.

 

 

(...)

eu estou numa fase muito "jane austen"...

 

acho que depois de um jejum prolongado de leituras e de reflexão, tento resgatar gradualmente as pequenas coisas que me dão prazer. ler esta escritora faz-me sempre ganhar novo fôlego. preciso disto. preciso de resgatar-me. ainda me sinto muito cansada, mas tenho de alterar o circuito quotidiano para que a minha mente e o meu coração, ambos desgastados, recuperem.

 

( emma | bbc )

(foto retirada do site www.kent.gov.uk)

 

Terminei de ver a mini-série "Emma", produção de 2009 da BBC. Ressalto, desde já, a excelente fotografia da série. O que é um lugar comum nas séries de época da BBC. Quanto ao elenco, é de destacar a interpretação do actor Michael Gambon como Mr. Woodhouse. Excelente. Um desempenho bastante fiel ao livro. Quanto aos personagens principais, Emma e Mr. Knightley, embora igualmente com bons desempenhos, não sei... Não me satisfez por completo. Já quando eu vi o filme "Emma" de 1996, com a Gwyneth Paltrow, eu fiquei com a mesma sensação. Foram boas interpretações, mas eu tenho outra imagem destes personagens. Não sei explicar. Imagino uma Emma mais voluntariosa e mimada; e, por outro lado, um Mr. Knightley mais sensato e acutilante. Penso que talvez o Jeremy Northam (da produção de 1996) aproxima-se mais do "meu" Mr. Knightley do que  Jonny Lee Miller (da produção da BBC de 2009). Embora, devo reafirmar que este último esteve muito bem.

 

Quando não lemos um livro antes de ver um filme, este tipo de questão nem se levanta. Mas quando é um livro do qual gostamos... a história muda de figura.

 

Em resumo, é uma questão de gostos. Na minha opinião, uma excelente produção. Vale a pena ver e rever.

( jane austen 4 )

"Ela prestou atenção - observou - reflectiu - e decidiu finalmente que não se tratava simplesmente de um caso de coragem e resignação. Um espírito submisso talvez fosse paciente, uma inteligência sólida poderia encontrar soluções, mas havia ali qualquer coisa mais; havia aquela elasticidade de espírito, aquela disposição para se deixar confortar, o poder de transformar rapidamente o mal em bem, de que encontrar ocupações que a distraíssem, que só podia provir da natureza."

 

Persuasão, Jane Austen

( destaques )

Bem, confesso a minha timidez...
Acostumada a uma existência discreta foi inusitado encontrar este espaço indicado nos "Destaques" dos Blogs do Sapo.
Agradeço a simpatia e, aproveito também, para agradecer à equipa "Blogs Sapo", que é quem está de parabéns pelo excelente serviço que nos disponibiliza.
Nas palavras do poeta "que seja infinito enquanto dure" :)
Obrigada, mais uma vez.

Pág. 1/2